.EIS AS MONTANHAS QUE OS RATOS VÃO PARINDO

por muito pequenos que pareçam ser... NOTA - ESTE BLOG JAMAIS SERVIRÁ CAFÉS! ACABO DE DESCOBRIR QUE OS DOWNLOADS SE PAGAM CAROS...
Quarta-feira, 28 de Outubro de 2015

TRÊS DÉCIMAS MUITO (IR)REFLECTIDAS

Ideia Conceito.jpg

 

"Mais moral, menos moral..."

Ele há lá coisa pior

Que o juízo de valor

De alguém que, julgando mal,

Lance o seu ódio letal

Sobre quem, sendo melhor,

Se atreva a poder dispor

Do que quer que incite a tal,

Pois, com força desigual,

Sempre o mau se tenta impor...

 

Pouco importa que argumente,

Pois toda a argumentação

Perderá sustentação

Até que "o pior" contente

A razão com que sustente

Que a razão não tem razão...

Nunca ouve, do coração,

A vozinha persistente

Que suplica mansamente

Que aja com mais isenção

 

E, tomado de cegueira,

Jura, "a torto e a direito"

Que o coração "tem defeito"

E a razão prega a "rasteira"

De afirmar-se em cada asneira

Que alguém lhe "impinja"- com jeito,

Se tecida com preceito

E não de qualquer maneira... -,

Porque, até "na brincadeira",

Crê que pode impor respeito...

 

 

Maria João Brito de Sousa - 27.10.2015 -14.18h

 


rematado por Maria João Brito de Sousa às 11:29
link do post | remate | adicionar ao produto final

.OS PORQUÊS...

.pesquisar

 

.Setembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. ANEDOTA EM REDONDILHA MAI...

. TRÊS DÉCIMAS A UMA SEDE S...

. O MODERNAÇO

. IMPACTO AMBIENTAL

. "CONSUMMATUM EST!"

. NÃO ESTAMOS SÓS? - ENCÉL...

. SE A DUQUESA CRUZA A PERN...

. CROCÂNCIAS & TEXTURAS

. ERA UMA VEZ....

. UMA DÉCIMA A UM PARAFUSO ...

.ARMAZÉNS DO FUTURO

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Maio 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

.tags

. todas as tags

.PROMOÇÕES:

. OBITUÁRIO

. CONCEBO CARTAZES

. "STACCATO"

. Momento Poético - 89

. LEITURAS CIRCULARES DE UM...

. ...MEU TEJO, MEU TEJO...

. Diversidades | Faróis Con...

. ERA UMA VEZ....

. CROCÂNCIAS & TEXTURAS

. QUATRO SONETILHOS A CATAR...

.links

.subscrever feeds