Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

EIS AS MONTANHAS QUE OS RATOS VÃO PARINDO

por muito pequenos que pareçam ser... NOTA - ESTE BLOG JAMAIS SERVIRÁ CAFÉS! ACABO DE DESCOBRIR QUE OS DOWNLOADS SE PAGAM CAROS...

SONETILHO III

31.08.16 | Maria João Brito de Sousa

digitalizar0011.jpg

 

 

Que tens tu, poeta triste?

Não te bastava a paixão

ter-te apanhado à traição,

no mesmo instante em que a viste

 

Passar por ti, verso em riste,

rima fácil - de canção... -,

para exercer a atracção

que ousou, quando resististe?

 

Eu não te vi de outra forma,

senão assim, grande, imenso...

e sempre fugindo à norma,

 

Tal como eu, segundo penso,

sou quando um verso me adorna,

desde que, em mim, seja intenso...

 

 

 

Maria João Brito de Sousa - 31.08.2016 - 18.59h

 

 

Ainda ao meu avô poeta, António de Sousa

 

 

(na fotografia, ao colo de seu pai, António Joaquim de Sousa Júnior)

 

 

 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.