.EIS AS MONTANHAS QUE OS RATOS VÃO PARINDO

por muito pequenos que pareçam ser... NOTA - ESTE BLOG JAMAIS SERVIRÁ CAFÉS! ACABO DE DESCOBRIR QUE OS DOWNLOADS SE PAGAM CAROS...
Quinta-feira, 22 de Março de 2018

SOBREIROS QUE ASSOBIAM E HOMENS QUE GANHAM RAÍZES

Sobreiro que assobia.jpg

 

SOBREIROS QUE ASSOBIAM

E

HOMENS QUE GANHAM RAÍZES

 



Há sobreiros que assobiam

e homens que ganham raízes;

Há secas, incêndios, crises

e outros dramas que arrepiam

os que os viam – quando os viam...-,

nas bridas e cicatrizes

dos pardais, pombas, perdizes

que há bem pouco percorriam

azuis, nos quais se perdiam,

livres, selvagens, felizes...



Extingue-se uma espécie inteira,

mas quantos vão percebendo

quanto estamos, nós, perdendo

por fazermos tanta asneira?

“Não terá sido a primeira,

tanta vida vai morrendo...”,

lembra alguém numa cimeira

que não passa a referendo



Já que a mão do capital

(grande prestigitador...)

usa as armas do terror

e a anestesia geral

pra fazer passar o mal

sem que demos pela dor...

(nem sei qual será pior;

se este humano desamor,

ou se a chaga ambiental...)



Sei que tudo, tudo muda

neste universo (in)finito,

mas se da Terra oiço o grito,

não haverá quem me iluda

e se gritar pouco ajuda,

não dou dito por não dito,

solto este poema escrito

pra que alguém hoje sacuda

da dormência em que se escuda...

Sou poeta, inda acredito!

 

 

Maria João Brito de Sousa – 22.03.2018 – 19.05h

 


rematado por poetaporkedeusker às 19:37
link do post | remate | adicionar ao produto final

.OS PORQUÊS...

.pesquisar

 

.Abril 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. MEIO MANTO, O DE MARTINHO...

. PESCARIA(S)

. A UM AMIGO QUE GANHOU TRÊ...

. PRIMAVERA, PRIMAVERA

. SOBREIROS QUE ASSOBIAM E ...

. A CASA DA POESIA (no Dia ...

. TUTU DE FEIJÃO

. O DIA DO PI

. ISCAS COM... GRALHAS

. COM DEFEITO DE FABRICO

.ARMAZÉNS DO FUTURO

. Abril 2018

. Março 2018

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Maio 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

.tags

. todas as tags

.PROMOÇÕES:

. Pai

. À luz da lua

. GLOSANDO A POETISA MARIA...

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

.links

.subscrever feeds