Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

EIS AS MONTANHAS QUE OS RATOS VÃO PARINDO

por muito pequenos que pareçam ser... NOTA - ESTE BLOG JAMAIS SERVIRÁ CAFÉS! ACABO DE DESCOBRIR QUE OS DOWNLOADS SE PAGAM CAROS...

DE JUBA NEGRA A ESFREGONA

05.12.16 | Maria João Brito de Sousa

Esfregona.jpg

 

 

Nem espanador, nem vassoura...

Mais me parece um esfregão

Desses de limpar o chão,

O meu, que não viu tesoura

E há vários anos me agoura

Uma estranha antevisão;

Crescer tanto que a razão

Se me perca, porque estoura...

(atenção! Nunca fui loura,

antes foi côr-de-carvão,

negrinha como um tição,

a minha juba de moura...)

 

Agora, sal e pimenta,

Mas muito mais do primeiro,

Que o tempo é bom salineiro

E eu entrei pelos sessenta,

Há já quatro... macilenta,

Mas sem tempo, nem dinheiro

Para investir num tinteiro,

Desses em que a tinta assenta

Sobre esta ´massa cinzenta`

Que é o meu cabelo inteiro.

 

Quis "responder-lhe" em soneto,

Mas só assim foi nascendo

E em décimas crescendo

Como este cabelo preto,

Despenteado, obsoleto

Que aqui lhe fui descrevendo

E que já branco vai sendo

Porque um tempo bem concreto

Lhe deu conta do aspecto,

A "resposta" que eu pretendo...

 

 

Maria João Brito de Sousa- 05.12.2016 - 15.19h

 

 

 

(Na sequência do soneto "DE ESPANADOR A TIGELA" de Maria da Encarnação Alexandre)

 

 

 

 

 



 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.