Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

EIS AS MONTANHAS QUE OS RATOS VÃO PARINDO

por muito pequenos que pareçam ser... NOTA - ESTE BLOG JAMAIS SERVIRÁ CAFÉS! ACABO DE DESCOBRIR QUE OS DOWNLOADS SE PAGAM CAROS...

ABRIL - O TAL VINTE E CINCO

23.04.18 | Maria João Brito de Sousa

O TAL VINTE E CINCO.jpeg

 

O TAL VINTE E CINCO



Aos vinte e cinco foi dia

Quando era de madrugada

E nesse dia a alegria,

Toda a alegria que havia,

Explodiu quando libertada.



Aos vinte e cinco chorou-se

Pelo motivo contrário

Ao que o estado novo trouxe;

Aos vinte e cinco cantou-se,

Sonhou-se um poder operário!



Tantos mil, fomos vontade,

Que num grito, um grito só,

Saudámos a liberdade,

Todos em pé de igualdade

E a pisar o mesmo pó,



O pó de todas as ruas

Metro a metro percorridas

Por chaimites, por charruas...

E sonhei, ou vi faluas

Trocar mar por avenidas?



Aos vinte e cinco, sonhámos,

Aos vinte e cinco sentimos

O sabor do que criámos

E desse dia guardámos

O que hoje não permitimos.



Depois? Depois aprendemos,

Porque, pouquinho a pouquinho,

Percebemos que o que temos

São sobras do que fazemos,

Mas mais ninguém está sozinho,



Por isso é que sempre urgente

Lutar mais, com mais afinco,

Lutar, tendo bem presente

Que sempre há quem rosne à gente

Que fez o tal vinte e cinco!



Maria João Brito de Sousa – 23.04.2018 – 09.46h