Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

EIS AS MONTANHAS QUE OS RATOS VÃO PARINDO

por muito pequenos que pareçam ser... NOTA - ESTE BLOG JAMAIS SERVIRÁ CAFÉS! ACABO DE DESCOBRIR QUE OS DOWNLOADS SE PAGAM CAROS...

FÉRIAS

08.08.22 | Maria João Brito de Sousa | comentar
  FÉRIAS * De férias só vai quem pode E eu escreverei uma ode A quem consiga a proeza De achar onde se acomode Tanta crescente pobreza... * Eu farei férias à mesa Da Barca de âncora presa De um estro que em verso explode, Por vezes com tal rudeza, Que popa a proa (...)

GRAÇA

01.08.22 | Maria João Brito de Sousa | ver comentários (4)
GRAÇA * Nada tem agora a graça Que em tudo via, em menina... Não pára o tempo que passa E, hoje, a miséria que grassa Quem sabe a quem se destina? * Se uma vida desatina Por má sorte ou por negaça, Pode inda a vida ter graça Quando outrem lhe determina O valor, (...)

PESQUISA

25.07.22 | Maria João Brito de Sousa | ver comentários (6)
PESQUISA * Nasce a dúvida. A pesquisa Sempre responde, ou desliza Para alguma ambiguidade, Para uma meia verdade Que nem tudo concretiza? * Possa a força da vontade Que move a humanidade Passar por essa pesquisa Sem pressas, como uma brisa Quando sopra em liberdade. * M (...)

PROCURO?

18.07.22 | Maria João Brito de Sousa | ver comentários (12)
PROCURO? * Não procuro nenhum tema: Aguardo que um pensamento, Mais manso ou mais turbulento, Surja em forma de poema, Qual rabanada de vento * Sinto e escrevo, ou sinto e tento Poetar sobre um problema Fazendo uso do fonema E também de algum talento Que não procuro: (...)

AMORA

28.06.22 | Maria João Brito de Sousa | ver comentários (6)
AMORA * Gosto da pequena amora: Selvagem por natureza, Não se orna, não se decora, Não prima pela beleza, Mas toda a gente a devora * Todos a levam à mesa, Ninguém com ela namora Porque mora em fortaleza De espinhos, a negra amora Que engana a fome à pobreza. * Mª (...)

TENTAÇÃO

26.06.22 | Maria João Brito de Sousa | ver comentários (4)
* TENTAÇÃO * Não concebo tentação Mais forte do que a pulsão De criar seja o que for: Modelar, esculpir, compor, São, afinal, criação *   E, também, acto de amor, Paixão posta no labor Dessa concretização Que é fruto da tentação De ir dando o nosso melhor. *   (...)

ABSTRACTO

29.05.22 | Maria João Brito de Sousa | ver comentários (4)
  ABSTRACTO * Algo de estranho, de abstracto, Quase de outra dimensão, Envolve o velho retrato Pendurado no salão Da mansão de São Torcato * E garanto-vos que o gato Se foi esconder no saguão Ao ver o sorriso abstracto Do retrato que o barão Mandou imprimir num prato! * Mª João Brito de Sousa

AGUARELA

22.05.22 | Maria João Brito de Sousa | comentar
AGUARELA * Quis pintar uma aguarela, Mas tendo perdido a mão, Deixei cair um borrão Sobre a brancura da tela Que, agora, um borrão revela... * Não resisti à pulsão De pintar uma aguarela, E uma flor tentei pôr nela Com ternura, com paixão... Olho a flor, vejo carvão! (...)

FRAGRÂNCIA

16.05.22 | Maria João Brito de Sousa | ver comentários (2)
FRAGRÂNCIA * I * Quem diz cheiro, diz fragrância, Que é o mesmo que chamar Com uma certa elegância Ou programada distância, Ao sabor, de paladar * II * E à sensação de tocar, Tal como ao dizer fragrância, Escolher de tacto apodar Tão só para variar, Que o mais (...)

UNIVERSO

13.05.22 | Maria João Brito de Sousa | ver comentários (2)
UNIVERSO * Deitar água na fervura, Fá-lo qualquer criatura, Mas o seu perfeito inverso É coisa de outro universo ... ou deste, em caricatura. * Com lucidez se depura Do pior que há na loucura, O génio nela disperso: Cada qual um universo Que ou se encontra ou se procura. (...)