Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

EIS AS MONTANHAS QUE OS RATOS VÃO PARINDO

por muito pequenos que pareçam ser... NOTA - ESTE BLOG JAMAIS SERVIRÁ CAFÉS! ACABO DE DESCOBRIR QUE OS DOWNLOADS SE PAGAM CAROS...

SEXTILHAS A UM FIM DO MUNDO NO DESEMPREGO

21.12.12 | Maria João Brito de Sousa

 

(Poema satírico)

 

O Fim do Mundo, à cautela,

Pr`a não melindrar ninguém,

Pressentindo alguns sinais,

Munido duma tabela,

Foi informar-se, em Belém,

De outras tragédias rivais…

 

Entrou mudo e foi calado

Que acabou por desistir

De auscultar este governo…

Estava o país tão estragado

Que deu consigo a sorrir

Já comovido e fraterno…

 

Fez uma constatação

Perante a visita de estado

Que tanto o amoleceu,

Pois mostrou ter coração

- apesar de bem guardado… -

E foi isto o que entendeu;

 

“Com “sábios” deste calibre,

Na condução do país,

Mais me vale nada fazer!

Há lá quem os equilibre

Se cortam, pela raiz,

Quanto os faria crescer?

 

Se ao próprio povo retiram

O trabalho, a dignidade,

A segurança, o abrigo

E só em cifrões se miram,

Nem terão sagacidade

Para entender outro perigo!

 

Passo a ser um Fim do Mundo

Sem nada para fazer,

Muito jovem pr`á reforma,

Sem o conforto de um “fundo”

E, sem côdea que comer…

Tornei-me parte da norma!”

 

 

 

Maria João Brito de Sousa – 21.12.2012 – 17.24h

 

 

 

Imagem retirada da net, via Google

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.