Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

EIS AS MONTANHAS QUE OS RATOS VÃO PARINDO

por muito pequenos que pareçam ser... NOTA - ESTE BLOG JAMAIS SERVIRÁ CAFÉS! ACABO DE DESCOBRIR QUE OS DOWNLOADS SE PAGAM CAROS...

FADO DE CADA UMA DAS NOSSAS CAMINHADAS

31.07.11 | Maria João Brito de Sousa

 

 

Não sei negar meu caminho

E contorná-lo, não sei…

Afirmo, embora baixinho,

Que jamais o negarei!

 

Se eu me perder na jornada

Que me importa? Caminhei

Ao longo da mesma estrada

Em que um dia me encontrei…

 

Os passos que já lá vão

Nunca os darei por perdidos…

Quanta vez em contramão,

Negando os cinco sentidos,

Descobri que as transversais

Estavam todas ocupadas

Por quem sabia bem mais

Das suas próprias passadas…

 

Leve-me ele onde levar,

Irei de boa vontade

E os passos que eu souber dar

Serão a minha verdade,

A que desabrocha em fruto

A cada metro que avanço

E a que me estende o produto

Do futuro em que me lanço

 

Não sei negar esta estrada

E, das que nego, direi

Que nenhuma outra é talhada

Pelos sonhos que eu sonhei…

 

Se eu me perder na jornada

Em que um dia me encontrei,

Perdi-me e fui encontrada

Em cada passo que dei!

 

 

 

Maria João Brito de Sousa – 31.07.2011 – 21.39h

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.