Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

EIS AS MONTANHAS QUE OS RATOS VÃO PARINDO

por muito pequenos que pareçam ser... NOTA - ESTE BLOG JAMAIS SERVIRÁ CAFÉS! ACABO DE DESCOBRIR QUE OS DOWNLOADS SE PAGAM CAROS...

NOS DEDOS DO TEMPO

24.11.09 | Maria João Brito de Sousa

Pedi aos dedos do tempo

Que viessem libertar-me

E o tempo não teve alento

Nem tempo para escutar-me…

 

Pedi às noites sem sono,

Às horas da nostalgia

E ao segredo mais guardado

Por um momento sem dono,

Um segundo de harmonia,

Um vislumbre do passado…

 

Pedi aos dedos do tempo

Que viessem libertar-me

E o tempo não teve alento

Nem tempo para escutar-me…

 

Pedi, depois, aos meus dias

De privações e canseiras,

De fome e de tentações

Mas nem mesmo as alegrias

Saltaram essas barreiras

Das humanas frustrações…

 

Pedi aos dedos do tempo

Que viessem libertar-me

E o tempo não teve alento

Nem tempo para escutar-me…

 

 

 

 

4 comentários

Comentar post