Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

EIS AS MONTANHAS QUE OS RATOS VÃO PARINDO

por muito pequenos que pareçam ser... NOTA - ESTE BLOG JAMAIS SERVIRÁ CAFÉS! ACABO DE DESCOBRIR QUE OS DOWNLOADS SE PAGAM CAROS...

PINTADO DE FRESCO

12.11.09 | Maria João Brito de Sousa

Pinto de branco o cansaço

Da minha essência lunar

E, em tudo aquilo que faço,

Ponho um raio de luar…

 

Pinto de fresco e pintando

Descubro que o que pintei

Em vez de vir, vai ficando…

Ou sou eu que já não sei?

 

Deixo de mim, recebendo,

Em troca, a cor que não tinha

E, aos poucos que o forem vendo,

Deixo esta cor que era a minha…

 

Pinto de branco o cansaço

Da minha essência lunar

E, em tudo aquilo que faço,

Deixo um raio de luar!

 

Não sei que estranha alquimia

Me faz proceder assim…

Quantas cores, que hipercromia

Vislumbro dentro de mim?

 

Pinto de branco o cansaço

Da minha essência lunar

E, em tudo aquilo que faço,

Deixo um raio de luar…

 

Neste estranho mecanismo

 [Admito; um tanto grotesco!]

Que desconheço, em que cismo,

Eu pinto o mundo de fresco!

 

 

 

 

 

 

2 comentários

  • Olá, amigão! Pareces estar muito bem disposto e já recuperado! Que bom! Olha, acabo de publicar outro poema... ando a criá-los "às montanhas" e, depois, coloco-os na pen... mas tenho muito mais criatividade do que memória... qualquer dia começo a publicá-los em repetição porque me esqueço sempre de apagar os que já publiquei e não tenho assim tantos Gigas de memória :)))
    Um abraço GRANDE!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.