Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

EIS AS MONTANHAS QUE OS RATOS VÃO PARINDO

por muito pequenos que pareçam ser... NOTA - ESTE BLOG JAMAIS SERVIRÁ CAFÉS! ACABO DE DESCOBRIR QUE OS DOWNLOADS SE PAGAM CAROS...

ALGUNS HÃO-DE ABRIR-SE EM FLOR...

30.10.18 | Maria João Brito de Sousa

Alguns abrirão em flor.jpg

 

ALGUNS HÃO-DE ABRIR-SE EM FLOR …

(Décimas)

*

Nem só a rosa tem espinhos;

Cactos dão espinhos e flores

na singeleza das cores

das areias dos caminhos,

nunca sendo tão daninhos

quanto certos ditadores

que, armando-se em salvadores,

vão maltratando os vizinhos

que não fiquem caladinhos,

nem lhes teçam mil louvores...

*



Tendo picos, como os cactos,

hei-de usá-los, com certeza,

contra a mentira, a torpeza

e outros tantos desacatos

bem comprovados por factos

e ouvidos com clareza,

pois não vou na correnteza

das intrigas e boatos

como alguns bandos de ratos

que da pressa foram presa...

*



Tenho picos? Picarei

sempre que for necessário

ir em sentido contrário

ao da flor que vos mostrei,

porque este pouco que sei

não tem nada de arbitrário

e tornou-se proletário

quando, inteirinha, troquei

o estatuto do que herdei

por um posto sem salário.

*



Picarei, mesmo sabendo

que a mim mesma causo dor

e que, seja como for,

mais e mais me irá doendo...

Pico tão só porque entendo

que bem mais dói, por temor,

ter de “dançar” ao sabor

do som que outros vão regendo...

Sou cacto, mas não me rendo,

que alguns hão-de abrir-se em flor!

*





Maria João Brito de Sousa -30.10.2018 – 14.12h







 

HISTORIETA

19.10.18 | Maria João Brito de Sousa

historieta.jpg

 

  • HISTORIETA

  • *

  • (Décimas)

  • *

  •  

  • Asso a maçã do pecado,

  • ficam-me as culpas queimadas,

  • que às maçãs, quando “bispadas”,

  • toda a gente as põe de lado...

  • Não seria, Adão, tentado

  • a provar maçãs sagradas

  • caso as visse, assim, estragadas

  • depois de Eva as ter assado,

  • tanto e tão demasiado

  • que ficassem esturricadas

  •  

  • II

  •  

  • Ou mesmo carbonizadas,

  • parecendo terem brotado

  • de um fogo antes engendrado

  • para culpas já julgadas...

  • Muitas águas são passadas

  • depois de Adão ser tentado

  • e haver cedido ao seu fado.

  • Hoje as Evas, (des)culpadas,

  • compram maçãs nas bancadas

  • de qualquer supermercado.

  • *

  •  

  • Maria João Brito de Sousa – 19.10.2018 – 17.32h

 

APOSTAR NA PREVENÇÃO

11.10.18 | Maria João Brito de Sousa

CALADA.jpg

 

APOSTAR NA PREVENÇÃO



(Décimas)

*

 

I

 

Era de chumbo, este céu,

e de chumbo se mantém...

quanto ao temporal, porém,

creio que se arrependeu

ou perdeu força e morreu

toda a fúria que o sustém,

Pois não tendo pai, nem mãe,

foi da fúria que nasceu

e da raiva em que cresceu

nunca saberá ninguém.



II



Continuo preparada,

não vá vir ele a caminho

deste florido cantinho

e, com súbita rajada,

arrasar toda a fachada

deste meu pequeno ninho...

Não me fio e nunca alinho

na vitória antecipada;

antes sou desconfiada

e, da rosa, aguardo o espinho.

*



Maria João Brito de Sousa – 11.10.2018 – 11.54h











 

NÃO ME APETECE...

06.10.18 | Maria João Brito de Sousa

Não me apetece.jpg

 

NÃO ME APETECE!



(Décimas)

 

I

 

 

Por trás de um “não me apetece”,

há todo um mundo indizível,

quase, quase inacessível

ao que a razão nos oferece

e, ao coração, aborrece

por lhe não ser perceptível,

nem ser, de todo, sensível

ao que olha e que reconhece...

Por isso, a ambos parece,

nada apetecer, credível.



II



Pode-se lá descobrir

que motivos há por trás

desse sentir-se incapaz

de pensar, de reflectir,

se o coração não sentir

e a razão não for audaz?

Pensa-se, então, “tanto faz,

acordar, estar a dormir,

a chorar, ou a sorrir...

tudo o que hoje quero é paz!”



III



Insista, porém! Insista,

porque há sempre uma razão

pra nem mesmo o coração

ter o seu ponto vista

e pra que a razão desista

de encontrar a solução

por não ter resposta à mão...

Importa é que encontre a pista,

que pense mais, que resista

ao vazio da sensação!





Maria João Brito de Sousa – 06.10.2018 – 11.20h