.EIS AS MONTANHAS QUE OS RATOS VÃO PARINDO

por muito pequenos que pareçam ser... NOTA - ESTE BLOG JAMAIS SERVIRÁ CAFÉS! ACABO DE DESCOBRIR QUE OS DOWNLOADS SE PAGAM CAROS...
Quinta-feira, 14 de Abril de 2016

O CUME DO BEIJO

bolinha vermelha.jpg

 

O BEIJO DO CUME





Eu, sobre o cume do monte,

E tu, de baixo, acenavas...

Quis ver se ao cume chegavas,

Pr`a irmos do cume à fonte,

Mas não havendo uma ponte,

Não mais o cume alcançavas...

Eu, vendo que demoravas,

Gritei que o tinhas defronte,

Bem na linha de horizonte...

Tu, nem o cume enxergavas!



Por fim, ao cume chegaste!

Eu, que temera perder-te,

De, contente, ousei dizer-te:

- Este cume conquistaste

No momento em que o pisaste

E ao cume hás-de prender-te!

Depois, para receber-te,

Beijei-te e tu me beijaste;

No cume os depositaste,

Aos beijos que eu quis ceder-te!



Tantos ao cume subiram,

Nenhum no cume beijou!

Se um, o cume conquistou,

Dos muitos que ao cume aspiram,

Mil, sobre o cume, mentiram!

Eu, se sobre o cume estou,

Foi porque o cume aceitou,

Não porque outros decidiram!

Nunca mais do cume tiram

Quem neste cume osculou!





Maria João Brito de Sousa - 14.04.2016 - 01.00h

 

NOTA - Décimas inspiradas no poema "As Rosas do Cume" de Arlindo Rabelo.

 

 


rematado por Maria João Brito de Sousa às 18:01
link do post | remate | adicionar ao produto final

.OS PORQUÊS...

.pesquisar

 

.Junho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. CROCÂNCIAS & TEXTURAS

. ERA UMA VEZ....

. UMA DÉCIMA A UM PARAFUSO ...

. ABRIL - O TAL VINTE E CIN...

. MEIO MANTO, O DE MARTINHO...

. PESCARIA(S)

. A UM AMIGO QUE GANHOU TRÊ...

. PRIMAVERA, PRIMAVERA

. SOBREIROS QUE ASSOBIAM E ...

. A CASA DA POESIA (no Dia ...

.ARMAZÉNS DO FUTURO

. Junho 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Maio 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

.tags

. todas as tags

.PROMOÇÕES:

. Diversidades | Faróis Con...

. ERA UMA VEZ....

. CROCÂNCIAS & TEXTURAS

. QUATRO SONETILHOS A CATAR...

. CIDADE SEM SENTIDO(S) - E...

. Baile da vida

. MOAXAHA IV

. MENTE DESCONTÍNUA

. Pai

. À luz da lua

.links

.subscrever feeds