Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

EIS AS MONTANHAS QUE OS RATOS VÃO PARINDO

por muito pequenos que pareçam ser... NOTA - ESTE BLOG JAMAIS SERVIRÁ CAFÉS! ACABO DE DESCOBRIR QUE OS DOWNLOADS SE PAGAM CAROS...

FIDEL/FIDELIS

09.03.09 | Maria João Brito de Sousa

Sou um fiel de balança

Cansado de balançar.

De um lado, deitam-me culpas,

No outro, lanço perdões

Pr`á culpa se equilibrar...

 

Mas, por mais que me perdoe,

O das culpas pesa mais

E as vezes fico magoada

Por ser fiel e culpada

De culpas imaginadas

E pecados virtuais...

 

Se o destino me quiser

Por Fiel, até à morte,

Não sei se tanto balanço,

Sem compasso de descanso,

Me fará perder o Norte

E ser apenas... Mulher.

 

 

Poema datado de 1993

3 comentários

  • Mais um, amigo Eduardo. Obrigada e um abraço.
  • Imagem de perfil

    Fisga

    16.03.09

    Olá amiga. João. Agora fui eu que fiquei a zeros, por motivo se calhar de um precedente que eu abri. Eu escrevi: AGORA VOU SÓ DIZER DUAS COISAS. Foi uma espécie de um código, mas que não o pretendia ser, apenas significar que estava com pouco tempo. E tu respondes-te. MAIS UM, Eu entendo que foi mais um que se rendeu à luta, acertei? Olha amiga tu sabes quanto isso representa para as leis da vida, e quanto representa na melhoria de qualidade de vida para ti. Assim sendo que as leis da vida não sejam impedidas de se fazer cumprir. E nós lamentamos, não podemos fazer mais. Um abraço deste amigo que se lembra sempre de ti. Eduardo.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.