Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt

EIS AS MONTANHAS QUE OS RATOS VÃO PARINDO

por muito pequenos que pareçam ser... NOTA - ESTE BLOG JAMAIS SERVIRÁ CAFÉS! ACABO DE DESCOBRIR QUE OS DOWNLOADS SE PAGAM CAROS...

"O FIM DA GUERRA CHEGOU"

09.05.21 | Maria João Brito de Sousa | ver comentários (6)
"O FIM DA GUERRA CHEGOU" *   "O fim da guerra chegou", Julgou-se morto o fascismo Que bem morto não ficou E hoje cava um novo abismo * Bem mais letal do que um sismo... "O fim da guerra chegou", Mas ficou o fanatismo Que tantos milhões matou... * Em Volgogrado(1) tombou; Trespass (...)

"HÁ GENTE QUE ME FAZ RIR"

03.05.21 | Maria João Brito de Sousa | ver comentários (10)
I * "Há gente que me faz rir" E outra que me faz chorar; Alguns fazem-me sentir Que há quem fale sem pensar * II * Mas deverei confessar; "Há gente que me faz rir" E, de riso, me engasgar Passando, então, a tossir * III * E a chorar, a seguir, À força de gargalhar... "H (...)

"A CORRUPÇÃO TEM SEUS MEIOS"

24.04.21 | Maria João Brito de Sousa | ver comentários (8)
"A corrupção tem seus meios" De roubar, saindo ilesa; De corrupção estando cheios, Nunca mais a vemos presa... * II * Roubando-nos tecto e mesa "A corrupção tem seus meios" De fazê-lo com destreza E sem ter quaisquer receios... * III * Rouba casas e recheios, Rouba (...)

"A MENTE GUARDA SEGREDOS"

17.04.21 | Maria João Brito de Sousa | ver comentários (2)
I * "A mente guarda segredos" Que nem a mente conhece; Vão de alegrias a medos E, às vezes, passam a prece... * II * Aquilo que transparece, - "a mente guarda segredos"-, Não é bem o que parece Vir-nos à ponta dos dedos * III * Nestes poucos arremedos Em que a palavra (...)

"SER SERVIDO OU SERVIDOR"

04.04.21 | Maria João Brito de Sousa | ver comentários (6)
I * "Ser servido ou servidor" Num contexto hierarquizado, É mote provocador, Mote de peso pesado * II * Que deve ser bem pensado; "Ser servido ou servidor"? Se sirvo um mote glosado, Serve-me o computador * III * E, assim, posso pressupor Que, ao servir, terei ganhado; "S (...)

"QUERO É SOPAS E DESCANSO"

28.03.21 | Maria João Brito de Sousa | ver comentários (4)
"QUERO É SOPAS E DESCANSO" * I * "Quero é sopas e descanso" Neste fim de caminhada, Dizem o esperto e o tanso Perto do final da estrada * II * Não podendo fazer nada, "Quero é sopas e descanso" Que de andar estou já cansada E ficar neste remanso * III * Não me parece (...)

"SE OS SONHOS FOSSEM DINHEIRO"

21.03.21 | Maria João Brito de Sousa | ver comentários (8)
I * "Se os sonhos fossem dinheiro", Faltar-me-iam, decerto, Mas se sonho a tempo inteiro, Não o são, nem estão lá perto! * II * Pensam o tolo e o esperto; "Se os sonhos fossem dinheiro"... Sonha o que dorme, o desperto, Sonham o pobre e o banqueiro... * III * Sonha (...)

"NA ESTRADA CHAMADA VIDA"

08.03.21 | Maria João Brito de Sousa | ver comentários (11)
I * "Na estrada chamada vida" Há tantas encruzilhadas, Que sendo uma só, comprida, Parece um sem-fim de estradas * II * Curtas e todas somadas "Na estrada chamada vida"; Umas são águas passadas De outra nem sequer nascida * III * E se alguma está esquecida, Outras (...)

"QUANDO O AMOR ACONTECE"

28.02.21 | Maria João Brito de Sousa | ver comentários (6)
I * "Quando o amor acontece" E é forte de um lado só, O lado fraco estremece E o forte desfaz o nó... * II * O fraco é pedra-de-mó "Quando o amor acontece"; O que era forte dá dó E o fraco forte parece... * III * Mas se o fraco prevalece E desfaz o forte em pó, "Qu (...)

"JÁ NÃO TARDA A PRIMAVERA"

20.02.21 | Maria João Brito de Sousa | ver comentários (3)
"Já não tarda a Primavera", Que a natureza não falha E o planeta nunca espera Que lhe imponham quando calha * Adornar-se como talha... "Já não tarda a Primavera", Penso enquanto teço a malha De outro poema-quimera * Que por mim trepa, qual hera, E me cobre de poalha... "Já não tarda a Primavera"