.EIS AS MONTANHAS QUE OS RATOS VÃO PARINDO

por muito pequenos que pareçam ser... NOTA - ESTE BLOG JAMAIS SERVIRÁ CAFÉS! ACABO DE DESCOBRIR QUE OS DOWNLOADS SE PAGAM CAROS...
Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2011

EU, INCENSÁRIO

 

Tudo o que faço ou que digo,

Tudo o que sinto e que penso

Sempre que Deus o quiser,

Sobe em mim, cresce comigo,

Ardendo qual pau de incenso

Num incensário qualquer…


Há dias em que, calada,

Digo mais do que falando;

Noutros, falo sem parar

Mas não digo quase nada,

Falo apenas por falar

Daquilo que vou pensando


Mas, quer fale muito, ou pouco,

Dir-vos-ei sempre a verdade;

Falarei do que sentir

E, nesse incenso, só toco

Se alguma necessidade

Transcendentente, mo pedir…

 

 


Maria João Brito de Sousa – 22.01.2011 – 20.22h

I`m crazy for::

rematado por poetaporkedeusker às 11:39
link do post | remate | ver remates (2) | adicionar ao produto final
|
Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2011

O POEMA

Deste quase desespero,

Muito além do que eu comando

Num momento indescritível,

Nasce um verso que não espero,

Nunca sei como, nem quando,

De um parto quase impossível…


Mas surge e ninguém o trava,

Nem força alguma o impede

De dar voz à voz que tem!

Tudo oferece, mas gostava,

Que o pedisse quem não pede

Por nunca avisar que vem…


Com força avassaladora

Dá-me mais que o que promete

No segundo em que nascer

Mas, a seguir, vai-se embora

Tão veloz quanto um foguete

Que acabou de se acender…


É do mundo, e nunca o foi,

Sabe tudo, e nada sabe;

É sempre paradoxal!

Quantas vezes me não dói

E, muito embora se apague,

Queima-me e não me faz mal…


Ninguém lhe aponta uma estrada

Ou lhe propõe um caminho

A que queira dar ouvidos!

Sabe que a hora é chegada

E faz-se à vida sozinho,

Mesmo entre irmãos já nascidos…


Cabe em mim, mas dele me sobra

Mais do que em mim vai cabendo,

Embora o Tempo acrescente

Cada instante que ele me cobra,

Pois, quando o estiverem lendo,

Florirá como a semente!

 

 

 


Maria João Brito de Sousa – 19.01.2011 – 22.49h

I`m crazy for::

rematado por poetaporkedeusker às 11:02
link do post | remate | adicionar ao produto final
|
Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2011

ASTRO SEM ÓRBITA

 

Vi os céus de um outro mundo

Nesta luz de que me inundo,

Neste luar que não peço

E fiquei de alma perdida

Sabendo que fui vencida

Por um astro que não esqueço


Fui, desde a Lua até Marte

Por puro amor pela arte

Que me corre pelas veias!

Sempre que a vida me chama,

Envergo o manto de lama

Das seculares alcateias…


Saio depois, desse encanto,

Exibindo a cor do manto

Que a vida me permitiu

E, além da curva da estrada,

Não descubro mesmo nada

Senão que esse astro partiu!

 

 

 


Maria João – 15.01.2011 – 23.24h

I`m crazy for::

rematado por poetaporkedeusker às 11:29
link do post | remate | ver remates (2) | adicionar ao produto final
|
Quinta-feira, 13 de Janeiro de 2011

MOMENTOS E ETERNIDADES

 

Sob um céu cheio de estrelas,

O mais certo é que quem passa

Pelas ruas da cidade,

Se ponha a olhar pr`a elas

E, ao olhar, encontre a graça

De entender outra verdade...

 

São pontinhos coloridos

Salpicando o negro manto

De uma luz que mais parece

Nascer dos cinco sentidos

Pr´a nos mostrar novo encanto

Sempre que um dia anoitece...

 

Quantas vezes não partiram

As mil estrelas que então vemos

A luzir no firmamento?

Os olhos, porém, sentiram

Que através deles as fazemos

Eternas... por um momento...

 

 

 

 

 

Maria João Brito de Sousa

 

 

Imagem retirada da internet

I`m crazy for::

rematado por poetaporkedeusker às 11:31
link do post | remate | adicionar ao produto final
|
Segunda-feira, 10 de Janeiro de 2011

BOTÕES DE MAIO

 

Não eram botões de Maio

Nem estrelas, nem sóis, nem luas,

Nem cometas, nem quimeras…

Foi tão só um papagaio

Subindo destas mãos nuas

Sem a bênção de uma espera…


Foi capricho de um destino

Que levava atrás de si

Sem que a razão mo pedisse,

Corpo e alma de um menino

Que partiu assim que ouvi

O que essa voz me não disse…


Foi num Maio em mil botões

De mil rosas por florir,

Sem promessa de raiz,

Na pior das solidões,

Sem a esperança de um porvir,

Sem perceber que mal fiz!

 

 

 


Maria João Brito de Sousa – 07.01.2011 – 18.15h

I`m crazy for::

rematado por poetaporkedeusker às 11:49
link do post | remate | ver remates (2) | adicionar ao produto final
|

.OS PORQUÊS...

.pesquisar

 

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. A CEIA DO POETA II

. PRIMAVERA

. APOGEU POÉTICO AVL

. SECAR-TE O PRANTO - Décim...

. PLANO B

. FELIZ NATAL!!!!

. DE JUBA NEGRA A ESFREGONA

. APOGEU POÉTICO AVL

. REPENTES...

. SONETILHO COM VISTA PARA ...

.ARMAZÉNS DO FUTURO

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Maio 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

.tags

. todas as tags

.PROMOÇÕES:

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.links

http://www.avspe.eti.br/poesias/MariaJoaoBritodeSousa/Poesias.html http://www.avspe.eti.br/poesias/Sonetilhos.htm

.Remates

.subscrever feeds