.EIS AS MONTANHAS QUE OS RATOS VÃO PARINDO

por muito pequenos que pareçam ser... NOTA - ESTE BLOG JAMAIS SERVIRÁ CAFÉS! ACABO DE DESCOBRIR QUE OS DOWNLOADS SE PAGAM CAROS...
Terça-feira, 29 de Junho de 2010

POEMAS DE PUNHO EM RISTE

 

Vem ler-me, amigo, não temas

Poemas de punho em riste!

Eu só te trago estes temas

Porque tu próprio os pediste…

 

Poemas são libertários

- está na sua natureza… -,

Pedem pão, querem salários,

Protestam contra a pobreza…

 

Por isso, amigo, não estranhes

Se também disso eu falar

Sabendo, embora, que ganhes

Muito mais do que eu ganhar…

 

Palavras, leva-as o vento

E eu pouco mais sei fazer,

Mas trabalho o meu talento

Nos versos que aqui escrever.

 

Decerto aceitas palavras…

Eu mais não tenho pr`a dar

E tu que constróis, que escavas,

Podes até protestar,

 

Podes pensar que não faço

Metade do que fizeste,

Mas, amigo, este meu braço

Já deu tanto quanto deste.

 

Não tenho nada a perder,

Portanto digo a verdade

E, em vez de repreender,

Vem ler-me à tua vontade!

 

Encontrarás, com certeza,

Palavras que sempre ouviste,

Mas, repara… que surpresa!

Trazem sempre um punho  em riste!

 

 

Maria João Brito de Sousa, 28.06.2010

I`m crazy for::

rematado por poetaporkedeusker às 11:42
link do post | remate | ver remates (2) | adicionar ao produto final
|
Segunda-feira, 28 de Junho de 2010

EU FAÇO SEMPRE O QUE DIGO E DIGO SEMPRE O QUE FAÇO

 

Amigo, eu sei o que digo

E digo sempre o que faço

Por isso, se és meu amigo,

Nunca me torças um braço…

 

Acredito na procura,

Na transcendência da vida,

Na lucidez da loucura,

Na pequenez da medida,

 

Na arquitectura das horas

Do misticismo pagão,

No canto de aves canoras,

No mito de Eva e de Adão.

 

Creio, amigo, ter explicado

Os riscos que irás correr

Se acaso fores tão ousado

Que me tentes conhecer…

 

Mas em verdade te digo

Que digo sempre o que faço

E, se queres ser meu amigo,

Não tentes torcer-me o braço!

 

 

Maria João Brito de Sousa – 27.06.2010 – 21.03h

I`m crazy for::

rematado por poetaporkedeusker às 16:10
link do post | remate | adicionar ao produto final
|
Quarta-feira, 16 de Junho de 2010

MENINOS

É na rua, Deus Menino

 Que eu descubro os pequeninos

Que têm frio, têm fome.

Outro tempo, outros destinos,

Partilhando um mesmo nome;

Não são Deus, são só Meninos.

 

Todos crianças pequenas,

- quem sabe se irão crescer… -

Tantos anos, tanto tempo

Que podem nunca viver

Só por falta de alimento…

[…ou excesso de outro Poder?]

 

 

Maria João Brito de Sousa

I`m crazy for::

rematado por poetaporkedeusker às 15:36
link do post | remate | adicionar ao produto final
|
Terça-feira, 8 de Junho de 2010

NUMA CALÇADA SEM PEDRAS

Agora sei que, na estrada,

Choram pedras de calçada

Numa calçada sem pedras…

 

Lágrimas que assim vão escondendo

O sal do mar que em mim prendo

Em marés agora negras.

 

Agora sei e não esqueço

Que é assim que pago o preço

Da sede que me guiava

 

Da sede que em mim crescia

 Quando, ao sol do meio-dia,

Em pedras me transformava.

 

Que loucos, loucos anseios

Brotaram desses passeios,

Das pedras que percorri…

 

Pedras que a mim se prenderam,

As mesmas que me perderam

Quando as lancei sobre ti…

 

Agora sei que, na estrada,

Choram pedras de calçada

Numa calçada sem pedras.

 

 

 

Maria João Brito de Sousa

 

 

 

 

NOTA - A minha primeira letra para um fado

I`m crazy for::

rematado por poetaporkedeusker às 15:04
link do post | remate | adicionar ao produto final
|

.OS PORQUÊS...

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
28
29
30


.posts recentes

. SOLIDÃO

. GLOSANDO UM MOTE DE RAYMU...

. POETANDO

. SEM SAIR DO MEU LUGAR

. O PRIMEIRO ESPINHO

. CINCO QUEDAS POR MINUTO.....

. POR TER SEDE, FUI À FONTE

. CHUVA DE AGOSTO

. PERPETUUM MOBILE

. COM MEUS VERSOS...

.ARMAZÉNS DO FUTURO

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Maio 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

.tags

. todas as tags

.PROMOÇÕES:

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.links

http://www.avspe.eti.br/poesias/MariaJoaoBritodeSousa/Poesias.html http://www.avspe.eti.br/poesias/Sonetilhos.htm

.Remates

.subscrever feeds